Caindo Na Real

Precisei me perder para me achar
Duvidei para reencontrar a certeza
Em nenhum momento deixei de questionar
Tudo que passou pela minha mente.

Com um tanque de oxigênio
Me aprofundei em mar obscuro
Em uma caverna sombria me guiei
Pelos clarões dos tiros de uma arma

Voltei a superfície com antigas certezas renovadas...
Com uma lanterna na mão fica fácil achar a saída...

Agora compreendo que o caminho apertado
Referido pelo Salvador, é um caminho solitário
O caminho largo é muito mais abrangente
Confortável, porto seguro, negação de outras ideias.

A misericórdia divina não me faltou
Me livrou das linhas que me guiavam
Que me demonizando, desejavam minha submissão
E a me afastar de Meu Criador Amoroso.

by Lôh

Comentários